23 de out de 2015

Li e conto: Não se Apega Não Isabela Freitas

Fotografias: Mayse Silva

“A vida é uma eterna roda gigante. Ora estamos em cima, ora estamos embaixo.Tudo na vida é mutável, tudo mesmo, inclusive nós. Por isso precisamos aprender a “deixar ir”. Nada é para sempre, por mais que queiramos que seja.” 

Não se Apega Não é um livro difícil de classificar, a princípio achei ser mais algum livro de auto ajuda, o que ele não deixa de ser, mas também pode ser um romance sim. No livro, que é narrado em primeira pessoa, a personagem Isabela nos conta do término de um namoro de 2 anos com um cara que todos achavam ser "o príncipe" e agora está tentando se adaptar a sua nova realidade: a vida de solteira, os comentários das pessoas que achavam que eles ainda deveriam estar juntos,  o sentimento que ainda nutria por ele...



O livro não traz conselhos para garotas esquecerem ex namorados, nem de dicas relacionamento, e muito menos uma fórmula mágica pra ser feliz, na medida que vai contando suas histórias a personagem vai contando o aprendizado que adquiriu. O livro também não fala sobre ser "revoltada' e não amar mais ninguém, Isabela fala sobre o desapego sem perder o romantismo, é amar, mas ter amor próprio também. 


"O desapego é saber se desprender de tudo aquilo que te retém, faz mal e sufoca." 
"Loucos são os que mantêm relacionamentos ruins por medo da solidão."  
“Desapego não é desamor”
"Só é feliz a dois quem já é feliz sozinho." 
Não sabemos ao certo até que ponto as histórias são reais ou não, a autora afirma que não é uma autobiografia, logo muito ou tudo do que está no livro é ficção, apesar da personagem ter o mesmo nome da autora.



As páginas que marcam o final de um capítulo e o início do próximo são vermelhas, no final do capítulo sempre tem algum tuíte com uma frase legal, os títulos de cada capítulo são bem criativos e escritos em letras garrafais.  Isso dar um ar muito legal ao livro. 



Quem estiver afim de uma leitura diferente, recomendo esse livro, como já disse é uma mistura de romance com auto ajuda, e tem sempre uma sacadas muito legais. 

"A vida é assim mesmo… À medida que o tempo passa, as pessoas verdadeiras permanecem e as fracas vão ficando para trás. Temos que levar a vida como uma eterna viagem, na qual os momento permanecem e as pessoas passam."

Nenhum comentário:

Postar um comentário