27 de jun de 2015

Monólogo

Foto: Milena Silva
Ei menina, deixa eu te contar um segredo, nada de espantoso, mas são coisas que aprendi com a vida e que talvez tenha alguma serventia para você. Eu aprendi menina, que nem sempre temos tudo o que desejamos, que muitas vezes as coisas não acontecem como planejamos e que na maioria das vezes nossos sonhos são apenas sonhos. Descobri que a vida muitas vezes pode ser dura, que de uma hora pra outra temos que crescer, escolher caminhos, tomar algumas decisões e que nem sempre estamos prontos para tal. Me disseram  menina, que se eu não fizer, não haverá ninguém que faça por mim, que terei que dar meus passos sozinho e sabe, muitas vezes foi assim. 

Mas sabe o que eu aprendi também menina? Que se não houvessem dias de chuva, carregados de nuvens cinzas, não saberíamos apreciar o sol. Aprendi que a vida pode até ser injusta, mas que dentro da gente existe uma força inimaginável, e que todas as coisas ruins vem para que possamos revelar essa força. Eu descobri menina, que mesmo que passemos alguns momentos sozinhos, um dia aparecerão anjos em forma de amigos para nos fazer companhia, às vezes até para o resto da vida. Sabe menina, uma vez eu li que devemos sonhar o mais alto que pudermos, porque se não conseguirmos alcançar este sonho, mesmo assim o resultado será maravilhoso. Então sonha menina, sonha! 

O mundo de fato é cruel, eu não vou mentir, mas ainda assim, existe tanta beleza nele! Se por acaso, alguma dia você se sentir tentada a duvidar disso, olhe-se no espelho e verás que existe beleza na alma e são pessoas assim, como você que trazem beleza ao mundo.

Então vive menina, sabendo que ainda vais chorar muito, de alegria ou tristeza e que mesmo as lágrimas de tristeza fazem bem, pois lavam a alma. Mas lembre-se sempre de nunca se entregar a tristeza menina, e mesmo em meio a todo o caos que há, saiba que é possível ter nem que seja uma pontinha de felicidade, basta querer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário