25 de jul de 2015

Aos escritores de papel e de alma



Todo mundo tem um pouco de escritor dentro de si. Todo mundo, mesmo que ainda quando criança, já inventou histórias, já se deixou ser levado pelas asas da imaginação, já se deixou delirar um pouco, já criou o seu próprio "era uma vez."

Me diz: quem nunca compôs, ainda que apenas na mente, aquele discurso para convencer os pais, aquela declaração de amor para alguém especial, aquele pedido de desculpas bem elaborado? 

Então, todo mundo tem seu lado escritor. Mas tem aqueles que deixam essa magia aflorar, que vão fundo nesse universo e trazem para nós presentes de valores inestimáveis. São aqueles que criam textos para o nosso deleite, poemas para o nosso delírio e livros para a nossa felicidade. São aqueles que tornam os nossos dias mais suportáveis, que trazem um colorido especial nesse mundo preto e branco ou que nos despertam para vida, nos mostrando que a vida não é só flores e nos tornando mais sensíveis as dores do próximo.

Hoje o dia é de todos nós, que carregamos no nosso ser um pouco da alma de escritor, mas em especial é o dia daqueles que nos permitem ver a sua alma através das palavras.

Feliz dia do escritor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário